Propostas para Ramalde

Share Button

Ramalde é a única freguesia da cidade que cresceu em habitantes nos últimos 10 anos. Mas nem por isso tem sido bem tratarda pela Câmara. Ramalde escapou por um triz à destruição de freguesias que a coligação de direita PSD/CDS, através da lei do Relvas, impôs à cidade do Porto.

Doze anos de domínio do município e da freguesia pelo PSD e CDS/PP deram mau resultado: idosos abandonados, jovens sem trabalho e sem perspetivas, salários a descer, rendas de casa com aumentos brutais, cortes nas pensões, associações sem apoio, desigualdade a crescer.
Mais de 1.000 famílias de Ramalde, principalmente idosos, viram-se forçadas a requer o RSI.

PSD e CDS/PP cortaram competências e meios financeiros à freguesia de Ramalde, só a gestão dos sanitários e dos lavadouros é que foi transferida para a freguesia… Tanto desprezo da coligação de direita por Ramalde que a Junta nunca combateu. Só se levantaram para apoiar o PSD e o CDS/PP. Votaram sempre contra as propostas do BE de dar voz ao povo de Ramalde e de dar mais competências à freguesia. PSD e CDS/PP, porque não defenderam Ramalde, não merecem os votos da população.

Responder à emergência social e resgatar a democracia local são os objetivos desta lista do BE e de outros ativistas sociais.

1) RESPOSTA À EMERGÊNCIA SOCIAL
– Apoio Domiciliário a Idosos
– Apoio Educativo
– Promover o diálogo entre as organizações que prestam este tipo de apoios.

2) HORTAS URBANAS
– Hortas sociais (resposta às necessidades alimentares e de subsistência da população)
– Hortas pedagógicas (pela educação ambiental)
– Formação

3) ESPAÇO DO CINEMA
– Preservar a memória do Cinema (Invicta Filmes, Casa da Prelada, etc)
– Levar o Cinema às pessoas, às comunidades. Educar para o Cinema.